13 abril 2017

A letra poética de uma bela canção

Vincent Van Gogh
Ivan Lins e Vitor Martins:
VIESTE

Vieste na hora exata
Com ares de festa e luas de prata
Vieste com encantos, vieste
Com beijos silvestres colhidos pra mim
Vieste com a natureza
Com as mãos camponesas plantadas em mim
Vieste com a cara e a coragem
Com malas, viagens pra dentro de mim
Meu amor
Vieste a hora e a tempo
Soltando meus barcos e velas ao vento
Vieste me dando alento
Me olhando por dentro, velando por mim
Vieste de olhos fechados, num dia marcado
Sagrado pra mim
Vieste com a cara e a coragem
Com malas, viagens pra dentro de mim
Meu amor
Vieste de olhos fechados, num dia marcado
Sagrado pra mim
Vieste com a cara e a coragem
Com malas, viagens pra dentro de mim
Meu amor

Leia mais sobre poesia e temas da atualidadehttp://migre.me/kMGFD

2 comentários:

ROSANA SIMPSON disse...

Luciano! Esta música é belíssima!
Nunca cantei! Me deu vontade de canta-la! Bjz

kamila Matos de Albuquerque disse...

Essa música é linda e me remete a refletir sobre a arte do acompanhamento. Inspirada pela alegria Pascoal...A arte de estarmos próximo, ao lado do outro disponível para uma entrega profunda...A entrega dá escuta . Ver o próximo como ele é e sentir o que ele sente! Amei!